A cidade de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, sedia no próximo domingo (04/06) o Desafio MTB. A competição em etapa única do Campeonato Baiano de Maratona XCM, decidirá quem serão os campeões e campeãs do estado da Bahia na modalidade mountain bike xcm. As inscrições para participação do evento poderão ser feitas na noite de sábado (03) no Mercado Cultural da cidade, no valor de R$ 90,00. A largada será a partir das 9h na Praça Augusto Publio.

Neste ano de 2017, serão distribuídos 7 mil em premiação e o percurso será de 65km para as categorias oficias e de 50km para as categorias não oficiais. A competição será válida também para o ranking Brasileiro de xcm na CLASSE 2. O Inicio do evento acontece no dia sábado com a recepção dos atletas no Mercado Cultural para o congresso de informações da prova e a confirmação de inscrições dos atletas a partir das 19h e logo em seguida será servido um saboroso coffee break.

Morro do Chapéu é uma cidade com muitas belezas naturais e com um grande potencial turístico, destacando o Balneário do Tareco, Cachoeira do Ferro Doido, Gruta dos Brejões, dentre outros pontos, um outro fator que é muito importante é o frio típico da Cidade que é conhecida como “Suíça Brasileira”. Nestes atrativos entra o Desafio MTB que vem crescendo a cada ano e atraindo atletas de várias cidades da Bahia e do Brasil, fazendo um grande movimento nas pousadas, hotéis, restaurantes, pizzaria, postos de gasolina dentre outros. Mostrando a Bahia com informações do Morro Notícias.


Foto: Reprodução \ Fruto do Mato Cineclube

O projeto Cineclube Fruto do Mato apresenta em Lençóis, na Chapada Diamantina, o filme “Brilhante”, da diretora Conceição Senna. A exibição do filme que conta uma história de amor entre o filme “Diamante Bruto”, de Orlando Senna, e a cidade de Lençóis, acontece nesta quarta-feira (31), a partir das 9h30 na Sede do Griô.

A diretora, que estará presente no evento, mostra na produção a relação entre aqueles que participaram do filme de Orlando Senna e o processo de produção cinematográfica através de fotos antigas, notícias de jornal, imagens de Super-8 e depoimentos. A sessão conta ainda com a presença de Orlando Senna.

O cineclube é uma realização da Cinepoètyka e Grãos de Luz e Griô, através do Edital Setorial de Audiovisual 2016, com apoio financeiro do Governo do Estado, via do Fundo de Cultura, da Secretaria da Fazenda e da Secretaria de Cultura da Bahia. A iniciativa tem ainda o apoio da Diretoria de Audiovisual do Estado da Bahia (Dimas).

Mostrando a Bahia com informações da Secom-BA


(Foto: Divulgação/Prefeitura de Mucugê)

O São João de Mucugê, na Chapada Diamantina, é um dos roteiros mais procurados do ano para quem gosta de um autêntico forró pé-de-serra. A programação oficial dos festejos nem foi divulgada ainda e os hotéis da cidade já estão com 100% de ocupação, segundo informações da Secretaria de Cultura, Turismo e Meio Ambiente da cidade. Este ano, o festejo será comemorado entre os dias 22 e 25 de junho na cidade. Cerca de cinco mil pessoas visitam a cidade no período do São João

“A procura é maior porque a festa consegue ser tradicional. Teremos alvorada, quadrilhas, sanfoneiros e outros. A partir do momento que modernizar [a festa], muita gente já não vem. A procura é porque o São João aqui é típico, temos quadrilhas, brincadeiras tradicionais como pau de fita e no dia que não tiver isso, a gente “mata” a festa”, garante o secretário de Turismo Euvaldo Ribeiro. Os preços dos pacotes dos hotéis variam entre R$ 2.500 e R$ 5 mil.

Mucugê é uma típica cidade do interior baiano que possui casas coloniais, com ruas arborizadas e praças floridas, que durante o São João, ganham decorações juninas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem cerca de 10.500 mil habitantes nas zonas rural (5.454 mil) e urbana (5 mil).

Além do forró tradição, as pessoas que vão a cidade baiana têm a opção de fazer passeios turísticos em trilhas, parques e cachoeiras. A cidade fica cerca de 470 km de Salvador e a viagem pode durar cerca de seis horas para quem parte da capital baiana.

Mostrando a Bahia com informações do G1


A cidade de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, recebe pela primeira vez o Projeto Cine Pedal Brasil. O evento, que acontece no próximo sábado (20), consiste na exibição de filmes num telão com energia gerada pelo próprio público, através do movimento de bicicletas. O festival acontece na praça da Bandeira, é gratuito e tem inscrições diretamente no local.

O projeto disponibiliza 10 bicicletas para voluntários e outras 10 bases onde o público poderá encaixar a própria bike e pedalar para gerar energia necessária para a apresentação do filme. A programação começa às 17h com a abertura do evento: início de cadastro de voluntários e ativação da tendas de relacionamento. Logo após, às 17:30 haverá a música e Subida de tela, seguidos por Diálogos com convidados e o público, às 18h. O filme será exibido às 19h e às 21:30 o Cine Pedal Brasil encerra sua programação. Para mais informações ou ser voluntário basta entrar no site do projeto o www.cinepedalbrasil.com/2aetapa/.

Sobre o Cine Pedal Brasil

É um festival de conteúdo audiovisual itinerante, gratuito e ao ar livre, onde a energia necessária para a projeção dos filmes é gerada pelo próprio público, por meio do uso de bicicletas. O Cine Pedal Brasil é uma experiência interativa, colaborativa e inclusiva, onde o espectador é convidado a refletir sobre a sua relação com o consumo energético e a presença da tecnologia em sua vida. As bicicletas, ao serem pedaladas pelo público, produzem a energia limpa que alimenta todo o equipamento necessário à projeção cinematográfica. A energia humana se converte em cinética e mecânica, expondo em um só ato, um conceito avançado de sustentabilidade.

Mostrando a Bahia com informações do Projeto Cine Pedal Brasil


Foto: Divulgação/Facebook

 

As festas tradicionais de São João chamam a atenção de pessoas de todo o Brasil que gostam de um bom forró. Um dos centros das atenções nessa época é o São João do Vale do Capão, na Chapada Diamantina, que já tem uma atração divulgada para felicidade dos forrozeiros. A festa, que ocorre entre os dias 22 e 24 de junho, receberá o trio de forró pé de serra, Os Cangaceiros, para tornar a noite mais animada.

O trio de Eunápolis-Ba é composto por Rogério Sales na Zabumba, Rodrigo Braga na Sanfona e Thiago Oliveira no Triângulo e traz em seus shows, músicas de autoria própria e grandes sucessos do forró tradicional.

A grade completa dos shows que vão acontecer no Vale do Capão ainda não foi divulgada, mas promete ser de grande curtição para os milhares de turistas e moradores que quiserem aproveitar a festa.

Mostrando a Bahia com informações do Jornal da Chapada


A prefeitura municipal de Irecê divulgou esta semana a programação oficial dos festejos juninos da cidade. A festa acontecerá entre os dias 22 e 26 de junho trazendo 28 atrações musicais ao todo. Targino Gondin, Dorgival Dantas, Jorge e Mateus, Limão com Mel e Marília Mendonça são alguns dos convidados.

A Praça Clériston Andrade, onde acontecerá o evento é conhecida durante os festejos de “Arraiá das Caraíbas” e será o palco para as emoções dos foliões. O São João de Irecê atrai um grande público da região e turistas de outros estados e é um dos mais movimentados da Bahia.

Confira as atrações:

No dia 22 (quinta) subirá ao palco Sanfoneiros, Claudinho do Acordeon, Felippe Rodrigues, Jorge e Mateus, Xinela de Couro e Forró a Lenha. O segundo dia de festa, dia 23 (sexta), conta com a presença de Filhos de Gonzaga, Dorgival Dantas, Fulô de Mandacaru, Vagner o Filé do Forró, Alex e Axel e Forró Piá.

Sábado, dia 24 é a vez de Nil & Ângelo, Thiaguinho Brasil, Limão com Mel, Naldinho e Léo Rios, Forrozão Menina Fogosa e Banda Amor e Vinho. Já o domingo, dia 25, fica no comando de Larissa Marques, Targino Gondin, Massapê, Mano Walter e Zefa di Zeca. Para o último dia de festa, dia 26 (segunda) não poderia faltar Marquinhos do Forró Furado, Kevy Jonny, Alan Júnior, Marília Mendonça e Amanda Santiago.

Mostrando a Bahia com informações do site São João do Interior


Foto: Divulgação

As comemorações para a tradicional Festa do Divino, na cidade de Andaraí, Chapada Diamantina, já têm data para acontecer. A festa oficial está prevista para ocorrer entre os dias 01 e 04 de junho de 2017, de quinta a domingo, com diversas atrações musicais e religiosas. A partir do dia 26 de maio será realizado o novenário da igreja que vai até o dia 03 de junho (sábado) quando haverá a lavagem da igreja.

As apresentações estão diversificadas e atraentes. A programação do dia 1º fica por conta da Quinta Cultural, com o desfile do bloco Amores Ciganos, e com o Ocupa Praça, na Praça do Garimpeiro. Targino Gondim e Lordão lideram o palco na sexta (02/06). Comandada por Levi Lima, a banda Jammil, e os cantores Naldinho, Léo Rios e Guig Guetto movimentam o público no sábado (03/06).

Já no domingo (04/06), último dia de festa, haverá comemorações religiosas nas quais acontece a Festa de Pentecostes com alvorada às 5h, missa solene às 10h, procissão às 16h e, logo após, entrega da coroa e bandeira ao imperador de 2018, herança cultural da cidade. É um momento cultural de Andaraí que merece ser conferido de perto. Mostrando a Bahia, com informações do Jornal da Chapada.


Usuários do WhatsApp em diversas partes do mundo relataram que o aplicativo está fora do ar na tarde desta quarta-feira (3). Durante todo o dia, a ferramenta passou por instabilidade. Em algumas regiões, o WhatsApp continua fora do ar desde às 17h.

A falha afetou a conexão dos usuários, que não conseguem se comunicar com seus contatos tanto na rede wi-fi quanto nos dados móveis. O problema, contudo, não é geral: no momento da falha, havia pessoas que conseguiam se conectar e outras não.

As falhas eram apontadas principalmente por usuários brasileiros e europeus, mas vinham também de outras partes do mundo, como Estados Unidos e México.


Matéria em áudio:

Serão exibidos filmes de diretores baianos na Escola Municipal Irineu Dutra
Foto: Reprodução/EBC

O Cineclube Fruto do Mato realizará uma sessão para moradores do Território Quilombola de Iúna, que fica localizado a cerca de 18 quilômetros de Lençóis, na Chapada Diamantina, na próxima sexta-feira (17). Essa é a segunda comunidade quilombola pela qual o cineclube passa, a primeira foi a do Remanso. Serão exibidos filmes, de diretores baianos, na Escola Municipal Irineu Dutra, com sessões gratuitas para crianças, jovens e adultos. A comunidade de Iúna, com 250 habitantes, é formada por famílias remanescentes de quilombo e está localizada numa área de 1,4 mil hectares.

De acordo com historiadores, ela se formou após uma grande seca que assolou o Nordeste do Brasil em 1932, fazendo com que muitos quilombos fossem abandonados e formando outras comunidades nas margens dos rios. Hoje, os moradores de Iúna vivem da pesca e da agricultura de subsistência. A comunidade fica no Marimbus, uma área pantanosa, alagada, semelhante ao pantanal com biodiversidade, fauna e flora específica. O Cineclube Fruto do Mato tem o objetivo de levar cinema baiano, gratuitamente, para moradores e visitantes da cidade de Lençóis.

Os participantes têm a oportunidade de conhecer a cinematografia do estado da Bahia desde os primeiros filmes realizados no início da década de 60, passando pelo Cinema Novo, até as obras produzidas nos dias atuais. As sessões do cineclube acontecem semanalmente até o dia 25 de julho deste ano. A programação será alternada entre o Teatro de Arena de Lençóis e as escolas públicas da zona urbana e rural.

O Cineclube Fruto do Mato é um projeto do Edital Setorial de Áudio visual 2016, com apoio financeiro da Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundo de Cultura e Secretaria de Cultura da Bahia. A iniciativa tem ainda o apoio da Diretoria de Audiovisual do Estado da Bahia (DIMAS). Do Jornal da Chapada com informações de assessoria.


Matéria em áudio:

Depois da publicação da notícia de que Zezé Di Camargo teria negado um celular para Graciele Larcerda, o cantor resolveu responder a publicação de uma conta do Instagram sobre o assunto, listando suas ações de caridade no decorrer da carreira. Segundo informações do jornal Extra, ao tentar se explicar com suas beneficências, a atitude do sertanejo foi reprovada por muitos internautas. Acompanhe o texto: “Até parece, né, gente. Eu doei 24 casas pra família carentes, um alojamento para uma entidade que cuida de crianças carentes. Faço dois shows todos os anos para o Hospital do Câncer de Barretos. Já doei a UTI do Hospital de Doenças Tropicais de Barretos, gastei mais de R$ 19 mil para salvar a vida de uma cadelinha de rua em Capelinha, Minas Gerais. Doei uma casa a uma dupla de crianças no Programa Raul Gil. Tá na internet, é só procurar. Doei uma casa a um deficiente em Cuiabá, uma em Uberlândia. Dei uma sanfona que custou R$ 16 mil reais a um menino Argentino”, listou o cantor.