Foto: Ulisses Gama
Com sete jogos e apenas um ponto conquistado, o Galícia vive uma difícil situação dentro do Campeonato Baiano. Precisando fugir da lanterna da competição, a equipe terá pela frente o Bahia no próximo sábado (18), às 18h30, na Arena Fonte Nova. De olho em um bom resultado, o volante Oton garante que o granadeiro vai ao campo com “outra postura”.
“Nas últimas semanas a gente melhorou o trabalho. O time mudou a cara com o novo treinador que chegou. No último jogo não conseguimos a vitória por detalhes, mas teremos outra postura contra o Bahia, até porque a derrota pode significar um rebaixamento. Vamos jogar de igual para igual”, declarou, em entrevista ao Bahia Notícias.
O jogador fez elogios ao trabalho do técnico Dênis Silva e pediu o apoio da torcida no clássico das cores.
“O Dênis é uma pessoa que somou muito. Ele trouxe um pouco mais de união e estávamos precisando disso. Acho que ele também nos deu um padrão. Hoje temos isso. A torcida precisa ir para ver que o Galícia é um time grande. O jogo contra o contra o Bahia pode ser o começo disso”, projetou.
Confira os últimos três jogos do Galícia na primeira fase do Baianão 2017:
Bahia x Galícia – 18 de março – Arena Fonte Nova
Juazeirense x Galícia – 26 de março – Adauto Moraes
Galícia x Atlântico – 2 de abril – Pituaçu
Fonte: BN

Matéria em áudio:

Professores da rede municipal de Utinga, na Chapada Diamantina, estão paralisados devido à ameaça de retirada de direitos. Um projeto da prefeitura, que deve ser votado até o final do mês, acirrou a polêmica entre categoria e a gestão do prefeito Joyuson Vieira (PSL). Entre os pontos a serem extintos está a gratificação de salário/aniversário, quando é incluído o valor do piso (cerca de R$ 1,1 mil para 20 horas) na folha. As outras perdas viriam na extinção de gratificações por profissional graduado [20%] e por regência de classe, que atualmente incide em 16%, quando deveria chegar até 30%, conforme apontam os professores. Segundo Diogo Vinícius, que é da APLB local e do sindicato dos professores da cidade [APPEU], o temor é que o projeto seja aprovado por conta de Vieira ter a maioria dos vereadores da Câmara. A justificativa de redução de custos, alegada pela prefeitura, é contestada. “O prefeito foi a uma rádio na semana passada e alegou que o salário dos professores de Utinga é um dos maiores da região, o que é mentira, e tentou colocar outras categorias contra nós. A gente concorda que tem que haver reajuste para outras categorias, mas ele quer colocar o professor para pagar essa conta”, disse em entrevista ao Bahia Notícias. Procurada pelo BN, a gestão local disse que os cortes servirão para ajustar as finanças diante do cenário de crise financeira e do elevado gasto com despesas com o funcioalismo. O secretário de educação, Guilherme de Cássio, declarou que a proposta é no corte definitivo do salário/aniversário para todos os docentes, por dizer “que não faz sentido ter um 14° salário para professor enquanto as outras categorias não têm”. Já o corte na gratificação por graduação valerá para quem for contratado no futuro. “Os projetos foram muito discutidos ao longo de 60 dias. Não foi fácil, mas foi necessário fazer e eles não retiram direitos adquiridos”, declarou o secretário. BN


A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) publicou, nesta terça-feira (14), no Diário Oficial do Estado da Bahia, o edital de abertura de um concurso público para preenchimento de 600 vagas para 11 funções dos níveis médio, técnico e superior. De acordo com a empresa, as vagas são destinadas a 64 municípios, contemplando unidades da Embasa em Salvador, região metropolitana e interior do estado. Os salários variam de R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31. As inscrições para o concurso deverão ser realizadas pela internet, por meio do site organizador, a partir da meia-noite de quarta-feira (15) até as 23h59 do dia 5 de abril, sendo 6 de abril o último dia para o pagamento do boleto bancário. As provas devem ser aplicadas no dia 7 de maio de 2017 e serão realizadas em Salvador, Barreiras, Feira de Santana e Vitória da Conquista. As vagas de nível superior são oferecidas aos profissionais com formação em ciências contábeis; análise de sistemas, processamento de dados, ciência da computação, engenharia de computação ou sistemas de informação; engenharia civil ou engenharia de produção civil; engenharia sanitária ou engenharia sanitária e ambiental; e engenharia elétrica.As vagas de nível médio-técnico são destinadas para técnicos em edificações e técnicos em eletromecânica. Já para o nível médio, há vagas para agente administrativo, agente operacional, assistente de laboratório e operador de processos de água e de esgoto. O valor de inscrição será de R$ 60 para as funções de nível médio, R$ 80 para as funções de nível técnico e R$ 120 para as funções de nível superior. O prazo de validade do concurso, organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), será de seis meses, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da Embasa, ser prorrogado uma vez por igual período, por conveniência administrativa da empresa.


O resultado das provas objetivas do concurso público da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), foi divulgado nesta quarta-feira (15). A lista com o nome dos candidatos habilitados e as respectivas pontuações pode ser vista no Diário Oficial do Estado (DOE) e no Portal do Servidor, na internet. O concurso foi realizado no dia 12 de fevereiro, em Salvador. Ao todo, 11.069 candidatos compareceram aos 24 locais de prova em Salvador, disputando uma das 60 vagas ofertadas: 24 para o cargo de Especialista em Regulação e 36 para Técnico em Regulação. Os candidatos terão o prazo de dois dias para pedir a revisão das notas, caso haja algum erro. O pedido de interposição de recursos pode ser feito no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), que organiza o concurso. A próxima divulgação será do resultado da prova discursiva, também comum aos cargos de Especialista e Técnico em Regulação. Com isso, será realizada etapa exclusiva aos candidatos ao cargo de especialista, com a apresentação de títulos.

Concurso: O concurso é promovido pela Secretaria da Administração do Estado (Saeb) e atende ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado entre Agerba e Ministério Público Estadual (MP-BA). Ao todo, são ofertadas 60 vagas, sendo 30% para candidatos que se declaram negros e 5% para pessoas com deficiência. A validade do concurso é de dois anos, a contar da data da publicação da homologação, podendo ser prorrogado uma vez, por mais dois anos, antes de esgotado o prazo de validade. O edital, publicado em 17 de novembro de 2016, está disponível no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação e no Portal do Servidor.  A lista de aprovados pode ser vista aqui.


Trechos de estradas de 22 regiões da Bahia vão passar por serviços de conservação e manutenção, a partir deste mês. O processo licitatório foi iniciado e concluído pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) no ano passado, com a aprovação de 11 empresas para realização das obras em 23 áreas. Serão investidos mais de R$ 55 milhões para as intervenções.

A previsão é de execução de serviços em mais de 18 mil quilômetros de extensão, o que envolve mais de 350 cidades, entre elas, Alagoinhas, Euclides da Cunha, Cipó, Jeremoabo (nordeste), Juazeiro (norte), Valença (baixo sul), Remanso, Paulo Afonso, Ibotirama (Vale do São Francisco), Barra do Jacuípe (RMS), Irecê, Feira de Santana, Senhor do Bonfim, Itaberaba (Chapada), Miguel Calmon (centro norte), Barreiras (oeste), Itabuna, Itagimirim (sul), Seabra (Chapada), Brumado, Jequié (centro sul), Guanambi, Vitória da Conquista (sudoeste), Santa Maria da Vitória (extremo oeste) e Santo Antonio de Jesus (Recôncavo).

Entre as intervenções previstas estão a retirada de vegetação que encobre a sinalização da pista, tapa-buracos e a limpeza de bueiros. “Esses são serviços mais emergenciais, pois vamos recuperar mais de 700 quilômetros de estradas ainda este ano. São 28 trechos definidos sendo que 130 quilômetros, que correspondem a cinco trechos, já estão prontos”, explica o diretor da Superintendência de Infraestrutura de Transporte (SIT), Saulo Pontes.

Novo edital
A região de Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado, também estava incluída no processo licitatório, mas não houve empresas interessadas em realizar a manutenção nos 703,1 quilômetros de extensão. Fazem parte dessa área os municípios de Medeiros Neto, Itamaraju, Itabela, Guaratinga, Itanhém, Vereda, Caraíva, Prado, Alcobaça, Nova Viçosa, Mucuri e Ucuruçu. Um novo edital está em elaboração para ser relicitado ainda no primeiro semestre deste ano. As informações são da Seinfra.


A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolaram uma petição na 10ª Vara Federal em Brasília declarando que Lula possui renda mensal formada por aposentadoria na condição de anistiado, no valor de R$ 6 mil, e por retiradas de R$ 25 mil por mês da empresa de palestras. De acordo com advogados do ex-presidente, o documento confirma informações prestadas por Lula ao juiz da 10º Vara que o interrogou na última terça (14). O petista declarou que a renda oriunda de suas palestras é ‘devidamente declarada e com impostos recolhidos’.


Na contramão da média nacional, a Bahia perdeu postos de trabalho formais em fevereiro. Enquanto o Brasil apresentou saldo positivo (ou seja, criação)  de 35.612 vagas em fevereiro, a Bahia registrou, no mesmo mês, saldo negativo (extinção) de 1.704 vagas com carteira assinada.

Os números foram apresentados nesta quinta-feira (16) pelo Ministéri do Trabalho e fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. O cadastro só mede o emprego e desemprego nas vagas formais, que são aquelas com carteira assinada e que garantem o acesso a benefícios trabalhistas como férias e 13º salário, entre outros.

Em termos de desempenho, a Bahia foi o 19º estado na geração de emprego em fevereiro. O primeiro lugar ficou para São Paulo, que criou 25.412 vagas com carteira. A última posição ficou com Pernambuco, que perdeu 16.342 postos.

Na Bahia, em fevereiro, foram admitidos um total de 44.017 trabalhadores, enquanto outros 45.721 foram demitidos. Em termos relativos, a variação, frente a janeiro , foi negativa de 0.1%. Em 2017 (janeiro e fevereiro), o saldo de desligamentos e contratações está negativo em 1.992 ( 92.818 admissões contra 94.810 desligamentos), uma variação negativa de 0,12% em relação aos dois primeiros meses de 2016. No acumulado de 12 meses (março de 2017 a fevereiro de 2017), a Bahia registrou a extinção de 65.378 postos formais,  fruto de 577.402 contratações e 642.780 demissões, variação também negativa de -3,72% frente aos 12 meses anteriores.

Dos setores analisados pelo Caged, o que mais perdeu empregos formais em fevereiro na Bahia foi a Construção Civil (2.533), seguido pelo Comércio (1.263) e pela Industria Extrativa e Mineral (139). Criaram mais vagas que extinguiram o setores de Administração Pública (positivo em 747), Indústria de transformação ( 575), Agropecuária (499), Serviços (254), e Serviços Industriais de Utilidade Pública – SIUP (156).

Agenda Positiva 
Em busca de uma agenda positiva na qual possa se apegar em momento em que tem seis ministros envolvidos na Lava Jato, o presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira, 16, que a economia brasileira criou 35.612 novas vagas de emprego formal no mês de fevereiro. Esse foi o primeiro resultado positivo após 22 meses seguidos com queda do número de empregos formais – desde março de 2015. Para os meses de fevereiro, esse é o primeiro resultado positivo desde 2014, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

O número foi comemorado por Temer. “É preciso começar e o começo veio por essa notícia que estou dando a vocês.”

“Vocês sabem que a economia brasileira volta a crescer e os sinais desse fato são cada dia mais claros. Em fevereiro, por exemplo, o número de empregos formais de 35.612 vagas”, disse Temer em uma entrevista coletiva convocada no fim da manhã para a divulgação dos dados.

Para o presidente da República, o número representa “o começo depois de 22 meses negativos”. Ele destacou que a reação do mercado de trabalho dá possibilidade de vida digna aos mais de 35 mil brasileiros que retornaram ao mercado de trabalho formal.

A divulgação dos dados sobre o mercado de trabalho em fevereiro estava prevista originalmente para o dia 20 de março, mas acabou sendo antecipada por um pedido de última hora. Com informações da Agência Estado.


A um mês da Páscoa, a fabricação dos ovos de chocolate abre muitas vagas temporárias. O movimento já começou nas lojas e fábricas em Salvador. De acordo com Serviço de Intermediação para o Trabalho (SineBahia), cerca de 300 vagas devem ser criadas nesta Páscoa para contratações temporárias. Nas prateleiras de uma loja especializada em chocolate, os ovos de Páscoa já estão à venda. A expectativa é comercializar 20% mais do que no mesmo período do ano passado. A empresa tem sete funcionários e deve aumentar o quadro para 12, com a contratação de vendedores temporários.”Ele tem que se mostrar bem disponível. A dedicação é exclusiva, não tem jeito. Período de grande movimento ele vai chegar cedo, repor loja, tem que limpar, fazer de tudo”, recomenda Luciana Souza, empresária. João Carlos entrou como vendedor temporário no Natal do ano passado e continuou na loja. “Compromisso a partir de tudo. Dedicação também e a vontade de querer ficar mais e mais, não só ficar como vendedor, mas, se em breve, futuramente, sigo o exemplo da patroa, que é ter uma franquia”, almeja o jovem. Uma fábrica de chocolates artesanais, no Pelourinho, entrou no ritmo de Páscoa logo depois do carnaval. Pirulitos de coelhinho, ovos de todos os tamanhos e recheios que devem chegar a uma tonelada. A produção da Páscoa é cinco vezes maior do que a de um mês comum, e para isso é preciso mais mão de obra. A comerciante Rita Brandão, dona da fábrica, está otimista com as vendas desta Páscoa e deve empregar mais funcionários. “Esse ano, graças a Deus, está (sic) chegando muitos pedidos de orçamentos. Acabamos de receber um pedido de orçamento de 10 mil ovos. Então, se esse pedido se concretizar, nós contrataremos mais 10 ou 15 pessoas”, destaca.(G1)


Os presidentes das duas maiores torcidas organizadas baianas, Gabriel Oliveira, da Imbatíveis (do Vitória), e Luciano Venâncio, da Bamor (do Bahia), se reuniram na manhã desta quarta-feira (15), no Centro de Operações e Inteligência – 2 de Julho, em Salvador, para discutir ações que promovam a paz nos estádios de futebol. Na ocasião, eles presidentes solicitaram a suspensão das sanções impostas às torcidas, devido ao desrespeito a um termo de ajuste de conduta (TAC) e ao Estatuto do Torcedor por parte de associados às duas organizadas. O encontro foi mediado pelo secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, pelo subsecretário Ary Pereira de Oliveira, pelo presidente da Federação Baiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, e pelos comandantes do Policiamento Especializado, coronel Lazaro Raimundo Monteiro, e do Batalhão Especializado em Policiamento de Eventos, tenente-coronel Saulo Roberto. “É importante que esta postura de conscientização parta da própria diretoria, para que os torcedores percebam que essa integração já existe e deve ser praticada. A rivalidade entre os times deve ocorrer apenas dentro dos campos”, afirmou Maurício Barbosa. Sobre o retorno das torcidas às arquibancadas, o secretário afirmou que o caso será avaliado junto ao Ministério Público. Já o coronel Lázaro Os presidentes da Bamor e dos Imbatíveis garantiram que uma série de ações estão sendo desenvolvidas para estimular o respeito entre as duas torcidas, inclusive com a realização de um evento no primeiro Ba-Vi do ano.


O meio-campista Gabriel Xavier, do Vitória, garante que o time irá adotar uma postura ofensiva contra o Vasco, nesta quinta-feira (16), às 19h30, no Barradão, pela partida de volta da terceira fase da Copa do Brasil. O primeiro jogo terminou empatado em 1 a 1. “Fizemos os primeiros 90 minutos lá no Rio, ficamos, de certa forma, satisfeitos com o resultado. Voltamos com um empate com gols. Nessa competição é muito importante fazer gols fora de casa. Agora, jogando em casa, a gente sabe que se trata de dois clubes grandes, mas jogando em casa a gente vai para cima para buscar a vitória”, disse o jogador, entrevista coletiva. O Vitória vai entrar em campo com a seguinte formação: Fernando Migue; Patric, Kanu, Alan e Geferson; Willian Farias, José Welison, Gabriel Xavier e Cleiton Xavier; Kieza e David. Para se classificar, o Vitória precisa de um empate sem gols. Caso tenha um novo 1 a 1, o jogo será decidido nos pênaltis. Igualdade no placar a partir de dois gols, dará a vaga ao Vasco da Gama. (por Glauber Guerra – BN)