Foto: Divulgação

O Senado Federal realizou uma consulta pública sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 18/2017) e constatou que 95% dos 8 mil eleitores entrevistados que votaram, são a favor do fim do voto obrigatório. A PEC de autoria do senador Romero Jucá prevê o fim do voto obrigatório e apenas 4,1% dos eleitores votaram contra.

Atualmente, os brasileiros com idades entre 18 e 70 anos são obrigados a votar e, caso não compareçam ao seu posto de votação, devem justificar a falta em outro posto ou então pagar uma taxa. O eleitor que não votar ou justificar o voto fica tem alguns direitos impedidos como usar o passaporte, assumir cargos públicos e tem outros direitos limitados.

Mostrando a Bahia com informações do Líder Notícias


A taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) baiano superou a expectativa brasileira. A previsão das receitas para o ano de 2018 no estado é da ordem de R$ 44,9 bilhões, estimada em 3,0%, superior ao valor de 2,7% conferido em 2017, que no caso era de R$ 43,7 bilhões. O PIB do país deve ficar em 2,3%.

O cálculo foi feito pelo Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO), que estabelece as diretrizes orçamentárias do Estado para o exercício de 2018. O documento foi entregue nesta segunda-feira (15) pelo vice-governador do estado e secretário do Planejamento, João Leão, ao presidente da Assembleia Legislativa, Angelo Coronel.

O estado é favorecido pela demanda crescente de alimentos e pela expectativa de preços mais competitivos no mercado externo. De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (Sei), o crescimento do setor agropecuário sustenta a expectativa de um bom desempenho para a safra. Por causa disso, as previsões para o crescimento do PIB da Bahia entre 2017-2020 ficam em média de 2,1% ao ano.

O governo já traça prioridades para o ano de 2018 como a ampliação da infraestrutura hídrica e da oferta sustentável de água de qualidade; o fortalecimento do sistema de saúde; a inserção do jovem no mundo do trabalho e a ampliação do policiamento comunitário preventivo através de programas criados para cada fim.

Mostrando a Bahia com informações da Ascom/ Secretaria do Planejamento do Estado


A cidade de Morro do Chapéu, na Chapada Diamantina, recebe pela primeira vez o Projeto Cine Pedal Brasil. O evento, que acontece no próximo sábado (20), consiste na exibição de filmes num telão com energia gerada pelo próprio público, através do movimento de bicicletas. O festival acontece na praça da Bandeira, é gratuito e tem inscrições diretamente no local.

O projeto disponibiliza 10 bicicletas para voluntários e outras 10 bases onde o público poderá encaixar a própria bike e pedalar para gerar energia necessária para a apresentação do filme. A programação começa às 17h com a abertura do evento: início de cadastro de voluntários e ativação da tendas de relacionamento. Logo após, às 17:30 haverá a música e Subida de tela, seguidos por Diálogos com convidados e o público, às 18h. O filme será exibido às 19h e às 21:30 o Cine Pedal Brasil encerra sua programação. Para mais informações ou ser voluntário basta entrar no site do projeto o www.cinepedalbrasil.com/2aetapa/.

Sobre o Cine Pedal Brasil

É um festival de conteúdo audiovisual itinerante, gratuito e ao ar livre, onde a energia necessária para a projeção dos filmes é gerada pelo próprio público, por meio do uso de bicicletas. O Cine Pedal Brasil é uma experiência interativa, colaborativa e inclusiva, onde o espectador é convidado a refletir sobre a sua relação com o consumo energético e a presença da tecnologia em sua vida. As bicicletas, ao serem pedaladas pelo público, produzem a energia limpa que alimenta todo o equipamento necessário à projeção cinematográfica. A energia humana se converte em cinética e mecânica, expondo em um só ato, um conceito avançado de sustentabilidade.

Mostrando a Bahia com informações do Projeto Cine Pedal Brasil


As inscrições para concorrer a uma das 2.750 vagas do concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros começam nesta segunda-feira (15). Os candidatos interessados deverão acessar o site do do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) pelo www.ibfc.org.br e fazer a inscrição. Para concorrer, basta ter entre 18 e 30 anos, concluído ensino médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio, além de outras exigências contidas no edital. A taxa custa R$70 e a remuneração é de até R$ 2.585,05, com carga horária de 40 horas semanais.

Para a realização da solicitação de isenção do pagamento da inscrição, o candidato deverá preencher a Ficha de Inscrição e o Questionário de Investigação Social, no site do IBFC (www.ibfc.org.br) no período entre 15 de maio às 23h59min do dia 19 de junho e aguardar avaliação das condições.

As vagas são para as cidades de Salvador, Juazeiro, Feira de Santana, Ilhéus, Vitória da Conquista, Barreiras, Itaberaba, Itabuna, Porto Seguro, Jequié, Paulo Afonso, Santo Antônio de Jesus e Teixeira de Freitas. A prova está prevista para o mês de agosto.

Mostrando a Bahia

 


A possível descoberta de um campo de gás natural na zona rural de Utinga, Chapada Diamantina, vem agitando a população da cidade. A descoberta se deu de maneira inusitada. Uma empresa estava perfurando poços artesianos no distrito de Cambuí, quarta-feira passada, quando foram surpreendidos por uma grande rajada de fogo. O episódio se repetiu em outro poço da região, a cerca de um quilômetro de distância. As autoridades locais ainda não sabem se as labaredas foram mesmo originadas por gás natural. Agora, o município vive a expectativa da descoberta também de petróleo, já que o gás normalmente fica sobre uma reserva de óleo. A probabilidade de injeção de altos recursos na economia por meio de royalties é o assunto da vez entre moradores, empresários e políticos de Utinga

Alívio
Petrobras e Ministério das Minas e Energia já foram contatados pela prefeitura da cidade, que solicitou análises mais detalhadas. Com cerca de 20 mil habitantes, enfrentando uma seca severa e tendo como principal fonte de renda os repasses federais, Utinga ganharia um impulso e tanto para sair da crise. “É preciso saber se esse gás tem valor, mas a probabilidade nos anima muito”, disse o prefeito Joyuson Vieira (PSL). A seca, curiosamente, foi o que levou à perfuração de poços e a consequente descoberta.

Informações do Correio.


A Câmara Dos deputados aprovou hoje (10) em 1º turno a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 304/17 que considera as vaquejadas como praticas não cruéis. A proposta altera a Constituição para estabelecer que não são consideradas cruéis as atividades desportivas que utilizem animais, desde que sejam registradas como bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro e garantam o bem-estar dos bichos. O texto foi aprovado por 366 votos a favor, 50 contra e 6 abstenções.

Deputados defensores dos direitos dos animais criticaram a PEC que, no entendimento deles, permite a prática de maus tratos. Em outubro do ano passado, o Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional uma lei do estado do Ceará que regulamenta a prática das vaquejadas porque submeteria os animais à crueldade.

“O STF entendeu que deve prevalecer o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, porque se trata de um direito que cuida de algo que diz respeito ao indivíduo, à sociedade e às futuras gerações, e, por essa razão, declarou inconstitucional a vaquejada pelo sofrimento que provoca nos animais”, disse o deputado Alessandro Molon (Rede-RJ).

A proposta, de origem do Senado, foi defendida principalmente por deputados das regiões Nordeste e Centro-Oeste. O deputado Domingos Neto (PSD-CE) rebateu as críticas e disse que o texto da PEC vem justamente regulamentar a prática. “Uma vaquejada com rabo artificial, com proteção para o cavalo, com uma nova cama de areia, garantindo proteção ao animal”, disse.

“Essa PEC é para resguardar a história do país, a bravura do vaqueiro e do homem nordestino. E também para reavivar uma força econômica muito importante para o povo brasileiro”, acrescentou o deputado Danilo Forte (PSB-CE).

O deputado João Marcelo Souza (PMDB-MA) disse que os que se colocam contra o texto adotam uma atitude hipócrita. “São deputados do Sul, do Sudeste, que nada entendem de vaquejada. Isso se chama hipocrisia. Vocês não conhecem a cultura do Nordeste. Nunca se quis fazer mal a animal nenhum”, disse.

O deputado Ricardo Izar (PP-SP) rebateu Marcelo Souza e afirmou que uma “manifestação tão agressiva assim só poderia se esperar de alguém que defende os maus tratos contra animais”. Izar é um dos principais defensores dos direitos dos animais na Casa e chegou a presidir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar casos de maus tratos.

O texto da PEC agora terá que passar por nova votação no Plenário da Câmara, em segundo turno. O prazo regimental determina intervalo mínimo de cinco sessões entre uma e outra votação. Caso não haja alterações no texto, ele será promulgado. Do contrário, terá que retornar ao Senado para nova votação.

Mostrandoabahia.com, com informações do Agência Brasil.


Foto: Divulgação/SDR

Com a perspectiva de geração de trabalho e renda e de inclusão sócio produtiva dos agricultores familiares produtores de leite da Bahia, o governo do estado implantou cinco Unidades de Referência de Produção de Leite nos municípios de Ruy Barbosa, Mundo Novo, Baixa Grande e Morro do Chapéu. A iniciativa é Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que já instalou um total de 51 unidades no estado.

O objetivo é atualizar o conhecimento de técnicos e produtores para aumentar a produção, produtividade e rentabilidade da bovinocultura de leite da agricultura familiar. Além disso, a demonstração da viabilidade técnica, econômica, social e ambiental da produção de leite vai poder servir como exemplo para adesão do projeto. Em um ano a SDR contemplou cinco regiões, entre elas a região oeste (39) e os territórios Sisal (3), Sudoeste (4), Piemonte do Paraguaçu (2) e Chapada Diamantina (3).

O agricultor Dilton dos Santos Macedo, produtor de leite há 32 anos, no município de Mundo Novo foi um dos beneficiados com a implantação de uma das unidades. “Vivo do leite, com pouca renda e baixa produção. Hoje, pela primeira vez, tive a oportunidade de receber assistência técnica e extensão rural (ATER) do Governo da Bahia. Estávamos precisando de acompanhamento e orientação, mas não tínhamos condições de pagar os serviços por serem muito caros”, afirma o produtor.

Nas unidades, os técnicos orientam o produtor de leite sobre adoção de tecnologias, correção e adubação do solo, intensificação do uso de pastagens, conforto animal, qualidade do leite e implantação de reserva estratégica de alimentos para o rebanho em períodos de seca.

Mostrando a Bahia com informações da Secom/Ba


Foto: Reprodução

O ex-prefeito de América Dourada, Sinobelino Dourado Neto, foi condenado a cinco anos e seis meses de prisão pela justiça, por desvio de dinheiro e ter deixado de prestar contas de valores. A ação penal foi movida pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) por meio do juiz Robson Silva Mascarenhas, que sentenciou o ex-gestor a também ao pagamento de multa.

Sinobelino desviou R$49,8 mil que seria destinado a geração de renda do projeto Horta Comunitária para Famílias, do Programa de Atenção Integral à Família no Desenvolvimento, além de ter deixado de prestar contas de valores transferidos pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS).

O ex-tesoureiro, Wagner Nagode Canário Rodrigues, também foi sentenciado a quatro anos de reclusão mais pagamento de multa. Ele foi acusado de forjar recibos e notas fiscais usados pelo prefeito para o pagamento de despesas do município.

Mostrando a Bahia com informações do Jornal da Chapada


Foto: Divulgação/Facebook

 

As festas tradicionais de São João chamam a atenção de pessoas de todo o Brasil que gostam de um bom forró. Um dos centros das atenções nessa época é o São João do Vale do Capão, na Chapada Diamantina, que já tem uma atração divulgada para felicidade dos forrozeiros. A festa, que ocorre entre os dias 22 e 24 de junho, receberá o trio de forró pé de serra, Os Cangaceiros, para tornar a noite mais animada.

O trio de Eunápolis-Ba é composto por Rogério Sales na Zabumba, Rodrigo Braga na Sanfona e Thiago Oliveira no Triângulo e traz em seus shows, músicas de autoria própria e grandes sucessos do forró tradicional.

A grade completa dos shows que vão acontecer no Vale do Capão ainda não foi divulgada, mas promete ser de grande curtição para os milhares de turistas e moradores que quiserem aproveitar a festa.

Mostrando a Bahia com informações do Jornal da Chapada


Foto: Divulgação

Depois que uma mochila com pertences de Hugo Ferrara Tormo, 27 anos, foi achada por um guia turístico próximo a Cachoeira da Fumaça, na Chapada Diamantina, o 11º Grupamento de Bombeiros Militares retomou as buscas no local.

A procura resultou na localização de restos mortais que podem ser do espanhol que está desaparecido desde dezembro de 2015. A família do rapaz prestou queixa do desaparecimento na Delegacia de Seabra e desde então a polícia procura pelo turista, sem vestígios.

Os bombeiros tiveram como pistas, as informações das trilhas de Hugo contidas na mochila. Em um diário, ele contava o trajeto feito nas trilhas durante sua viagem. “Ele relata no caderno que havia sofrido um acidente que o deixou bastante debilitado”, afirma o delegado Rafael Almeida de Oliveira, titular da Coordenadoria Regional de Polícia do Interior de Seabra. Na bolsa ainda havia documentos de Hugo.

As equipes retomaram buscas na terça-feira e acabaram achando uma ossada. “Foram percorridos vales, cânions, cachoeiras e leitos dos principais rios de região que levassem a indícios que apontassem à localização do jovem”, explica o major bombeiro Jean Vianey, subcomandante da unidade.

Um exame de DNA vai comprovar se realmente se trata de Hugo Tormo. De acordo com informações do Jornal Correio*, os restos mortais seguirão para o Departamento de Polícia Técnica de Irecê e o material genético será comparado ao cedido pela mãe do espanhol.