185 vagas são para Itaberaba na Chapada Diamantina Foto: Divulgação | Montagem

O governo do estado divulgou nesta quarta-feira (10) o edital para o Concurso da Polícia Militar (PM-BA) 2017. As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira (15) e o salário para o aprovado pode chegar a R$ 2.585,05 depois da formação. Serão destinadas 2 mil vagas para Soldado da Polícia Militar (PMBA) e 750 vagas para o Soldado do Corpo de Bombeiros Militar (CBMBA). O prazo vai até o dia 19 de junho (segunda-feira).

Para ser aprovado, o candidato precisa passar por uma série de exigências, dentre elas ter entre 18 e 30, altura mínima de 1,60m para homens e de 1,55m para mulheres, carteira de habilitação de categoria mínima “B”, além de ter concluído ensino médio ou formação técnica profissionalizante de nível médio. De acordo com o edital, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais e o profissional deve executar o policiamento fardado planejado pelas autoridades policiais militares competentes, a fim de assegurar o cumprimento da lei, a preservação da ordem pública e o exercício dos poderes constituídos para a PM; e executar atividades de prevenção, combate a incêndios e a situações de pânico para BM.

A taxa custa R$ 70 e os candidatos poderão se inscrever através do site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), www.ibfc.org.br. A prova será realizada no dia 06 de agosto de 2017. O edital traz outras informações importantes para quem quer ingressar na área de segurança pública da Bahia, para acessar clique aqui Edital PMBA e CBMBA 2017.

Das vagas, 1.819 serão destinadas a homens e 181 para mulheres com o perfil descrito no edital. Já para o ingresso no Corpo de Bombeiros Militar, 672 serão destinadas para homens e 78 para mulheres. No momento da inscrição, o candidato poderá escolher em qual cidade deseja trabalhar. Para a região de Itaberaba serão disponibilizadas 185 vagas para o sexo masculino e 24 para o sexo feminino.

Mostrando a Bahia com informações do site Ache Concursos


Foto: Reprodução | Facebook

 

O kit escolar distribuído pela Secretaria de Educação da Prefeitura de Jequié virou piada na internet quando internautas começaram a fazer memes de crianças menores utilizando as mochilas. Há uma imagem que mostra uma das crianças dentro de uma das mochilas. Quase 18 mil alunos da rede pública de ensino devem ser contemplados com o pacote de fardamento.

De acordo com a prefeitura, a iniciativa beneficia alunos e pais que não precisam gastar com o material escolar. “Além da economia no orçamento dos pais, que não precisam gastar com o vestuário escolar, a iniciativa também contribui para que todos sejam tratados com igualdade dentro do mesmo ambiente escolar. Estamos muito satisfeitos com a recepção dos alunos à nossa ideia dos kits escolares”, explicou o prefeito Sérgio da Gameleira.

Em sua página no Facebook, o secretário Gondim saiu em defesa do trabalho feito no município e ironizou as piadas e memes que estão circulando pela internet. “Aos críticos que estão apurando, prefiro como cidadão convidá-los para atuar em defesa de uma melhor educação para Jequié”, alfinetou. Na gestão passada, durante os quatro anos, os estudantes tiveram apenas um fardamento.

Mostrando a Bahia com informações do Jornal Correio*


Banda se apresenta em Iraquara na Chapada Diamantina | Foto: Divulgação

 

O São João antecipado de Iraquara-Ba, que acontece entre os dias 16 e 18 de junho, já tem a primeira atração confirmada. Camila Vitorino & Menina Faceira vão se apresentar na praça principal durante os festejos, mas sem data ainda definida pela prefeitura. Em breve será divulgada a grade completa de shows.

Acontece na cidade na mesma época, entre 12 e 15 de junho, o Arraiá do Roque de Sanfona, o qual trará sanfoneiros e comidas típicas. O evento será realizado na Praça Manoel Teixeira Leite, antiga praça do São João.

De acordo com o site Jornal da Chapada, houve a dúvida entre os gestores da cidade pela realização dos dois eventos por causa da recente e longa estiagem, mas se tratando de festa populares tradicionais, o prefeito Edimário Coutinho (PSD) afirmou em vídeo que as festividades vão permanecer até por ser de fato uma tradição do povo.


Foto: Montagem | Reprodução

Os pertences do turista espanhol, Hugo Ferrara Tormo, 26, desaparecido em 2015, foram encontrados na trilha da Cachoeira da Fumaça, localizada entre os municípios de Lençóis e Palmeiras na Chapada Diamantina. Um guia turístico da região teria achado uma mochila impermeável contendo documentos e escritos do espanhol. A família do rapaz deve voltar ao Brasil para retornar as buscas.

De acordo com informações do Jornal da Chapada que falou com a irmã de Hugo, Paola Ferrara Tormo, a família está confiante que as investigações continuarão para poder achar mais coisas e saber o real motivo do desaparecimento do jovem. Ao site, Paola disse que devido ao modo como foi encontrada a mochila, pressupõe-se que possa ter ocorrido um acidente.

Algumas hipótese são levantadas a respeito do sumiço que ocorreu no fim de 2015, mas não é possível afirmar nada concreto. Após essas novas informações e investigação das autoridades brasileiras é provável o surgimento de respostas.

 


Nilo se reúne com prefeito de Utinga e vereadora de Morro do Chapéu | Foto: Divulgação

 

O deputado estadual Marcelo Nilo do PSL recebeu, na última quinta-feira (04), em seu gabinete, o prefeito de Utinga Joyuson Vieira (PSL) e a vereadora do município de Morro do Chapéu, Francisca Neide (PSL) para discutir a restauração da via que liga determinados municípios.

A estrada entre o distrito de Duas Barras, em Morro do Chapéu, até a cidade de Utinga está em péssimas condições. Por esse motivo, os gestores das duas cidades da Chapada Diamantina recorreram ao deputado que tem afinidade política com os dois municípios, já que são do mesmo partido e podem trabalhar juntos para a melhoria de um todo. Nilo também é representante dos dois políticos na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (Alba).

Mostrando a Bahia com informações do Jornal da Chapada


Foto: Reprodução – Local permanece fechado

Depois que turistas mineiros relataram ter contraído esquistossomose (shistosoma mansoni) numa visita à Chapada Diamantina, o acesso ao Poção, local da contaminação, em Lençóis, foi interditado. A denúncia partiu de uma agência de turismo mineira que alertou para os casos de turistas contaminados quatro meses depois de terem conhecido o Poção, durante o Carnaval.

De acordo com informações da prefeitura de Lençóis, foram coletadas amostras de caramujos no local, que fica próximo da Cachoeira do Mosquito, para serem analisados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). O local permanece fechado até a equipe da Vigilância Epidemiológica da Sesab divulgarem os resultados das amostras colhidas.

A secretária de turismo de Lençóis, Lilian Andrade, acredita que a contaminação do Poção possa estar relacionada ao Rio Santo Antônio, que atravessa alguns municípios da Chapada Diamantina e tem população ribeirinha que não tem saneamento básico.

A prefeitura de Lençóis informou em nota que está tomando providências para conscientizar a população sobre a doença. “A Prefeitura de Lençóis já está tomando providências para realizar uma campanha de prevenção junto à população, incluindo as escolas do município e agentes de turismo local”, diz a nota.

Conhecida como “doença do caramujo”, a esquistossomose é geralmente contraída quando o banhista entra em contato com as larvas dos parasitas formadas por fezes humanas infectadas com caramujo que vivem em água doce, tornando-se o hospedeiro do verme. Os vermes penetram na pele e depois se desenvolvem dentro dos vasos sanguíneos. Dentre os sintomas mais comuns, estão coceira, febre, calafrios, tosse, dor de barriga, dores nas articulações e dores musculares.

Mostrando a Bahia com informações do Jornal Correio*


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá depor ao juiz Sérgio Moro nesta quarta-feira (10). Nos locais próximos à sede da Justiça Federal, em Curitiba, está sendo montado um forte esquema de segurança para impedir brigas entre militantes de esquerda e oposicionistas do ex-presidente, que poderia acabar atrapalhando o andamento do processo. A medida inclui a interdição de ruas que ligam ao local do depoimento.

De acordo com informações da coluna Radar Online, da Veja, as visitas de familiares aos presos da Lava Jato foram antecipadas para a terça-feira (09), ocorridas normalmente às quartas. A precaução foi tomada para impedir que os familiares passem por situações de sufoco por causa das manifestações.


A Secretaria de Agricultura, em parceria com a Prefeitura e Câmara de vereadores de Bonito-BA, promoveu na última quarta-feira (04) o Seminário da Cultura do Maracujá para produtores do fruto na região. O encontro teve como objetivo ensinar as práticas e o manejo do plantio do maracujá para se obter uma colheita de qualidade. O evento, que durou o dia todo, reuniu grande quantidade de agricultores e contou com a presença de autoridades da cidade e região. A iniciativa é do Prefeito Reinan Cedro de Oliveira e do Vice-Prefeito e secretário de Agricultura Cássio Henrique.

Também compareceram ao evento o Diretor de Meio Ambiente Egídio Cruz e o vereador e presidente do legislativo local Alek Sandro Santana Beu, os vereadores de Bonito Antônio Sampaio (Cobal), Marcinho da Saúde, Amauri e Ueriton, o vereador e ex-vereador de Iraquara Paulo Henrique e Paulo Sérgio Gunes Vieira respectivamente.

O palestrante, técnico e pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuária (EMBRAPA), Dr. João Roberto Pereira de Oliveira trouxe para os seminaristas sua experiência em pesquisas focadas na produção do maracujá. Ele ensinou as técnicas para se alcançar um produto com qualidade, explicando o processo desde a preparação do solo até a colheita do fruto.

Além disso, o pesquisador alertou sobre pragas como cupins, abelhas, cigarrinha verde, besouro das flores, lagartas, dentre outros insetos que prejudicam o maracujazeiro, e também sobre as doenças (micro e macro organismos) que afetam o plantio e como evitá-los.

Os agricultores que fizeram parte da palestra, além de ouvirem, compartilharam suas experiências e trouxeram algumas soluções que deixaram o evento mais dinâmico. Um agricultor contou que, para diminuir a infestação no plantio, ele deixa o mato se desenvolver ao redor da plantação para atrair as pragas e doenças, evitando a chegada destes no maracujazeiro. De acordo com o Dr. João Roberto, a iniciativa é correta e afirma que “o plantador de maracujá que deixa o solo no entorno da planta limpo não entende dessa cultura”.

Para o Prefeito Reinan de Lourinho, o carro chefe do seu projeto de trabalho é a agricultura, pois o café, produto chave dos agricultores de Bonito e região, não teve um rendimento satisfatório em 2016 por conta da seca prolongada. Segundo ele, a pretensão é diversificar a cultura, pois “uma das realidades do nosso município é justamente o maracujá como cultura autossustentável no caso da agricultura familiar, que já incentiva o agronegócio”, afirma.

O Prefeito também declarou que assumiu a responsabilidade, juntamente com a secretaria de agricultura, de incentivar o pequeno e médio produtor. Garantiu ainda que a secretaria vai estar mais próxima dos pequenos produtores através de núcleos em Botafogo, Cabeceira do Brejo e Catuaba para fazer um acompanhamento minucioso de todos os passos da produção, possibilitando uma lavoura de qualidade e com uma rentabilidade a ser alcançada em médio prazo, e, assim, melhorar a economia do município consideravelmente.

A produção do maracujá em Bonito atualmente é de 8 toneladas por ano, podendo chegar futuramente a 20 ou 30 toneladas por ano. Segundo o secretário de agricultura, Cássio Henrique, o maracujá vem sendo cultivado há três anos e já é uma realidade do município. Além disso, os palestrantes destacaram que, apesar das dificuldades de cultivo, o investimento no negócio é viável e produtivo.

Por esse motivo, é essencial a realização desse evento que pôde proporcionar mais conhecimento aos participantes. “Como cresceu muito a produção do maracujá, a gente trouxe hoje o Dr. João que é um conhecedor profundo da Embrapa, para compartilhar seu vasto conhecimento com nossos produtores”, afirma o secretário. O evento terminou com o feedback positivo dos agricultores e organizadores que elogiaram a iniciativa do prefeito e vice-prefeito da cidade. 


Os moradores de 19 municípios do centro norte da Bahia não precisarão mais se deslocar da região onde moram para realizar serviços médicos especializados, com a construção do Policlínica Regional de Irecê. Neste sábado (29), o governador Rui Costa visitou a unidade, que já está com mais de 70% das obras construidas e recebe um investimento de R$ 22 milhões. O governador autorizou ainda a abertura da licitação para a construção da pista que dará acesso à policlínica e inaugurou uma escola de tempo integral.

Prevista para ser inaugurada em julho deste ano, a policlínica vai oferecer serviços em 18 especialidades médicas e exames de apoio ao diagnóstico. “Esta é uma transformação na saúde da Bahia com a regionalização da oferta de serviços públicos. Hoje a população de Irecê paga no particular ou precisa ir para Salvador para fazer exames como ressonância, tomografia e endoscopia. Todos esses exames serão feitos aqui na policlínica, que vai beneficiar todos os municípios da região. É esta a filosofia que estamos implantando”, destacou Rui.

O investimento beneficiará mais de 420 mil pessoas. Para o mecânico Claudinei Santos, a unidade vai mudar a vida dos moradores da região. “Não vamos precisar nos deslocar para outras cidades para receber atendimento de qualidade. É uma melhora muito grande para quem vive não apenas em Irecê, mas nas áreas próximas”, afirmou.

Estiveram presentes na visita ex e atuais prefeitos dos municípios que administrarão a unidade de saúde por meio de um consórcio de saúde, que garante que 60% do custeio seja rateado entre os participantes e os 40% restantes será bancado pelo Estado.

Já são nove os consórcios implantados no estado. Além de Irecê, as regiões de Santo Antônio de Jesus, Teixeira de Freitas, Jequié, Guanambi, Camaçari/Salvador, Feira de Santana, Valença e Alagoinhas já possuem consórcios de saúde. Estão com policlínicas em construção Teixeira de Freitas (67,62%), Jequié (70,56%) e Guanambi (57,45%). A meta é que, até 2018, mais de 5 milhões de baianos estejam sendo atendidos em policlínicas regionais.

Educação

Além dos investimentos na área de saúde, o governador inaugurou oficialmente a Escola Municipal José Francisco Nunes, no distrito de Itapicuru, em Irecê, onde estudam 263 alunos. Com quatro salas de aula, salas de informática, biblioteca, cantina e setor administrativo, os estudantes têm aulas de disciplinas como filosofia, inglês, música e horticultura.

“Essas atividades ajudam a melhorar a comunidade. A importância dessa obra na vida dessas crianças é enorme. Será certamente um diferencial na vida delas. A partir de maio, nós vamos funcionar em tempo integral, dando suporte para que esses jovens sigam um bom caminho e fiquem fora do mundo das drogas”, explicou a diretora da escola, Jucileide Pereira. Na unidade é oferecido ensino fundamental do 1º ao 6º ano.

Os secretários estaduais da Educação, Walter Pinheiro, e de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, e a senadora Lídice da Mata acompanharam o governador em Irecê.

Itaguaçu da Bahia

Neste sábado (29), Rui ainda inaugurou o sistema de abastecimento de água dos povoados de Lages, Várzea Grande, Riacho da Carnaúba e Tabatinga, no município de Itaguaçu da Bahia, no Vale do São Francisco. O governador também inaugurou a creche municipal Professora Ariane Marques de Souza e autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a celebrar dois convênios no âmbito do Programa Bahia Produtiva.

Fonte: Secom/BA


 

Foto: Divulgação

O ex-prefeito de Utinga, Luiz Alberto Silva Muniz, foi multado em R$15.750,00 pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O motivo foi a contratação irregular de artistas e bandas através de inexigibilidade de licitação, na qual a Lei desobriga o procedimento de licitação quando não há competidores. O custo total das contratações foi de R$315.000,00 no exercício de 2016 do político.

O relator do processo, conselheiro Mário Negromonte, afirmou que as cartas de exclusividade apresentadas não acompanham os documentos que atestam o vínculo legal dos cedentes em relação às bandas e artistas. Com isso, não se pode legitimar e conferir legalidade aos contratos de cessão de direitos e obrigações.

Nesse caso, seria impossível comprovar que o cedente possuía poderes de representação em relação às atrações artísticas antes mesmo da assinatura dos contratos. Desse modo, a contratação realizada fica comprometida. O ex-gestor ainda pode recorrer da decisão.

Mostrando a Bahia com informações da Ascom/TCM