Onze pessoas ficaram feridas após um ônibus de turismo tombar na BR-262, na zona rural de Araxá, no Alto Paranaíba, na madrugada desta segunda-feira (1º de maio de 2017). As vítimas, que tiveram ferimentos leves, foram encaminhadas a unidade de saúde da cidade.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo transportava 40 passageiros de São Paulo (SP) para Irecê (BA) quando, no km 695 da rodovia, um bezerro atravessou a pista repentinamente e o motorista não teve como evitar o atropelamento. Com o impacto, o ônibus saiu da pista e tombou.

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Triunfo Concebra, concessionária responsável pelo trecho, foram ao local e socorreram os feridos. Dos 11 feridos, nove foram encaminhados ao Pronto-Socorro de Araxá e dois para o hospital de Sacramento, também no Alto Paranaíba. (Aconteceu no Vale)


A prefeitura de Bonito está realizando obras de recuperação das estradas vicinais no município. Trechos como os que ligam a sede à Rio Bonito, Catuaba à Quixaba e Guarani à Baixa do Cheiro, já estão praticamente concluídos. De acordo com Reinan, nos próximos dia, continuarão intensificando o trabalho para recuperar mais estradas.

Ainda de acordo com o prefeito, a expectativa é melhorar o tráfego da população que passa por esses trechos diariamente, e consequentemente, facilitar a escoação da produção. Esta ação, também enquadrada no objetivo de fortalecer a agricultura, gerando emprego e atraindo mais investimentos pro município.

Fonte: mostrandoabahia.com


Com o intuito de garantir aos cidadãos a emissão de documentos fundamentais ao exercício da cidadania, as carretas do SAC Móvel seguem visitando o interior do Estado, dessa vez levando para a região Norte os serviços de RG, CPF, antecedentes criminais, recadastramento de pensionistas do Estado e Ouvidoria.

As visitas já começam a partir desta sexta-feira (28), quando a unidade itinerante chega a Sento Sé, a 698km de distância da capital, e fica até o dia 29, atendendo na praça Doutor Juvêncio Alves, próximo à prefeitura. De lá, a carreta segue para Sobradinho, onde estará nos dias 1º e 02/05, estacionada na Avenida José Balbino de Souza, em frente à Escola Municipal 24 de Fevereiro. Já quinta-feira (04), o SAC Móvel estará em Casa Nova, na Praça Dilson Viana de Castro, próximo à prefeitura. Os municípios visitados em seguida são Remanso, nos dias 07 e 08/05 (domingo e segunda), onde estará na Praça Manoel Firmo Ribeiro, próximo ao Mercado Municipal; e Pilão Arcado (10 e 11/05), na Praça Coronel Frank Lins, próximo à prefeitura.

Extremo Sul

Em circulação pelo Extremo Sul desde o último dia 22, a Rota 03 do SAC Móvel já visitou dois municípios, e tem previsão para passar por mais três municípios até os primeiros dias de maio: Itamaraju, nos dias 28 e 29/04 (sexta e sábado), na praça Castelo Branco, próximo à rodoviária; Jucuruçu, nos dias 01 e 02/05 (segunda e terça-feira), onde a carreta poderá ser encontrada na rua Bonifácio José Dantas, próximo ao mercado; e Itabela, nos dias 04 e 05/05 (quinta e sexta-feira), na praça Inocêncio Pereira.

Em todas as unidades, o atendimento acontece das 08h às 15h, e obedece a ordem de chegada dos usuários. Para mais informações sobre as rotas do SAC Móvel e horários de atendimento, a Saeb disponibiliza o endereço www.sac.ba.gov.br, os números 0800 071 5353 (telefone fixo) e 4020 5353 (telefone móvel) e o aplicativo SAC Mobile. (Seab)


Localizado na região da Chapada Diamantina, o município de Morro do Chapéu já começa sentir os reflexos de sua economia. Investimentos na agricultura estão gerando novos postos de trabalho e mais dinheiro para as famílias dos trabalhadores.

A produção agrícola de Morro do Chapéu foi destaque durante esta semana na programação da Rede Bahia de Televisão. O município sempre se destacou pela mineração, pelo o povo acolhedor e pelas belezas naturais (pinturas rupestres e cachoeiras), onde atrai muitos turistas.

Mas de acordo com Associação de Criadores e Produtores de Morro do Chapéu, a agricultura gerou nos últimos três anos mais de 1500 empregos diretos. A produção é cada vez mais variada.

Na zona rural do município existem plantações de hortaliças, uvas, morangos e de tomatinhos cultivados em grande quantidade.

Atualmente, a agricultura variada representa mais de 50% da arrecadação do município. Os produtos são vendidos nas cidades da região, Salvador e em outros estados do Nordeste. As uvas de ótima qualidade são transformadas em vinho. A estimativa é que a produção agrícola do município aumente nos próximos anos.

A agricultura diversificada de Morro do Chapéu vem gerando renda e muitos empregos. O município está mais de 1000 metros de altitude, o que favorece a agricultura, já que a temperatura é baixa no verão. (Central Notícia)


Autor de um dos quatro gols do Bahia no duelo contra o Sergipe, vencido pelo time baiano por 4 a 2, pela Copa do Nordeste, o meia Régis comemorou o resultado e o fato de levara a vantagem para decidir uma vaga na semifinal no jogo de volta no domingo (2), às 18h30, na Fonte Nova.

“Abrimos uma vantagem para decidir em casa. O importante é que hoje todos entramos ligados, pois sabiamos que seria um jogo difícil”, comentou o meia Régis em entrevista ao Esporte Interativo.

Com esse resultado, o Bahia pode perder até por 2 a 0 que avança para a fase semifinal da Copa do Nordeste. (Bocão News)


Quase dois milhões de pessoas com dificuldade de acesso à água em áreas rurais do semiárido têm, agora, mais qualidade de vida graças a ações que a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba (Codevasf) tem executado na região onde atua para promover a universalização do acesso – tanto para consumo humano, como para produção agrícola e alimentar. O investimento totaliza mais de R$ 1,1 bilhão em recursos do Governo Federal.

De acordo com o último relatório técnico apresentado pela Companhia, já foram instaladas cerca de 185 mil cisternas com capacidade para armazenar até 16 mil litros de água e abastecer uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses. Cerca de 740 mil pessoas foram atendidas por essa ação. Ao todo, esses reservatórios têm potencial para acumular um volume da ordem de 2,9 milhões de m³ de água por ano, provendo água para consumo, preparo de alimentos e pequenas atividades domésticas.

Outra ação que tem levado mais tranquilidade às famílias atingidas pela estiagem é a instalação de poços emergenciais. A Codevasf já instalou, até o momento, 1.737 poços em localidades de sua área de atuação. Cada poço instalado têm, em média, capacidade de produção de 8,7 milhões litros de água por dia, de forma a atender a cerca de 300 famílias. Nesse contexto, a Companhia já beneficiou diretamente mais de 272 mil famílias.

Os sistemas simplificados consistem em mais uma tecnologia implantada pela Codevasf para proporcionar oferta de água à população severamente atingida pela seca. A estrutura abrange a construção de uma estação de captação de água, adutoras de água bruta e tratada, estação de tratamento, implantação de redes de distribuição, reservatórios e ligações domiciliares. De acordo com o relatório técnico da Companhia, já foram concluídos 41 sistemas, beneficiando 12,3 mil famílias e representando um volume de produção anual de 1,4 milhão de m³ de água.

Os barreiros têm a função de auxiliar na pequena produção, com irrigação, mas com foco dessedentação e manutenção do rebanho, evitando deslocamentos excessivos nesse período de estiagem e a própria perda dos animais. Já são 505 barreiros construídos pela Codevasf, permitindo um acúmulo médio de 5 milhões de m³ de água por ano.

Os kits de irrigação familiar também foram mais uma alternativa para universalizar o acesso à água para produção agrícola. No total, 2 mil kits foram entregues pela Companhia. Com capacidade para irrigar uma área de 500 m² cada, eles visam, também, a fortalecer a agricultura familiar. Essas estruturas funcionam por meio do sistema de gotejamento localizado – considerado um dos mais eficientes em termos de economia de água para a irrigação de plantas. Em alguns casos é dispensada a necessidade de bombeamento. A composição dos kits abrange 21 itens, entre registro, filtro de tela, conexões, tubos de distribuição em polietileno, adaptadores de tubos, bobina de tubo gotejador e outros acessórios.

Benefícios

A implantação de tecnologias para universalização do acesso à água traz outros benefícios para a população, além da oferta propriamente dita do recurso hídrico. “A água é vetor de desenvolvimento, e o nosso grande desafio é fazer uma gestão eficiente mediante o recurso disponível”, afirma Elton Cruz, técnico da Codevasf que coordena a execução dessas ações na área de atuação da Companhia.

Segundo ele, com a implantação de sistemas de acesso, foi registrada uma redução de 61% das doenças decorrentes da má qualidade da água, representando uma economia de mais de R$ 80 milhões em saúde pública. Outro benefício foi uma maior assiduidade nas escolas – a média de frequência de alunos nas salas de aula, na faixa etária de 6 a 15 anos, subiu de 3 para 5 dias, em virtude da redução de doenças gastrointestinais, sem contar a melhoria da qualidade de vida das famílias que já não necessitam percorrer longas distâncias para ter água disponível.


Moradores da capital baiana e diversas cidades do interior relatam que sentiram um forte barulho e tremor de terra na manhã deste domingo (26). O fenômeno que ainda não teve a sua origem identificada, em Salvador, pôde ser sentido por moradores da Paralela, Federação, Barra, Ribeira e também em outros municípios da Bahia. ”Por volta de 7h da manhã eu escutei como se um vento forte tivesse batido na minha porta. Pensei até que alguém tinha jogado alguma coisa”, relata o morador de um condômino no bairro de Piatã. Órgãos como a Codesal e institutos de meteorologia ainda nãos e manifestaram sobre o ocorrido.


Estão abertas as inscrições do processo seletivo para o preenchimento de vagas para a policlínica pública da cidade de Guanambi, localizada no centro sul da Bahia. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (24) pela Secretraria de Saúde da Bahia (Sesab). Há vagas para médico, enfermeiro, psicólogo, farmacêutico, nutricionista, ouvidor, assessor técnico, técnico em enfermagem, técnico em radiologia e assistente administrativo. As remunerações variam de R$ 1.188,13 a R$ 4.388,32. As inscrições ficam abertas até o dia 23 de abril. O edital e o formulário de inscrição estão disponíveis no site da Fundação Cefet Bahia, empresa responsável pela seleção. O regime jurídico de contratação é o estabelecido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), conforme a Sesab. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio do Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região de Guanambi.A implantação da policlínica, conforme a Sesab, custará cerca de R$ 11 milhões em estrutura física e mais R$ 6 milhões em equipamentos, com recursos do Estado. A policlínica vai cobrir 40 municípios da região, já pactuados no Consórcio Interfederativo de Saúde Alto Sertão, e beneficiará cerca de 468 mil pessoas, segundo o governo.


Vence na próxima terça-feira (28) o prazo para os proprietários de veículos com placa de final 2 pagarem o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com 5% de desconto, em cota única. Esses contribuintes têm ainda a opção de efetuar o pagamento em três parcelas mensais, sendo a primeira com vencimento também no dia 28 de março, ficando as demais agendadas para 28 de abril e 29 de maio. Outra possibilidade é pagar o valor total do tributo, sem desconto, até 29 de maio.
Também em março, os contribuintes com veículos de placa final 1 que optaram pelo parcelamento devem estar atentos ao pagamento da segunda cota, que vence no dia 27. As datas de vencimento podem ser consultadas no calendário do IPVA 2017, disponível neste site, da Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz-Ba) – www.sefaz.ba.gov.br => Canal Inspetoria Eletrônica => IPVA.

Para efetuar o pagamento, basta dirigir-se a uma agência ou caixa eletrônico do Banco do Brasil, Bradesco ou Bancoob, com o número do Renavam do veículo. A Sefaz-Ba salienta que não há emissão e encaminhamento de boleto bancário de pagamento do IPVA para os contribuintes. Em caso de dúvida, o contribuinte pode entrar em contato com o call center da Sefaz, pelo 0800 071 0071.

O proprietário que perder o prazo da primeira cota deixa de ter direito ao parcelamento. O pagamento é integrado: é necessário quitar ainda a taxa de licenciamento e eventuais multas relacionadas ao Renavan informado. Os débitos referentes a estes itens também podem ser pagos até a data de vencimento da terceira parcela. É possível ainda fazer parcelamento em até três parcelas dos débitos anteriores do imposto, para pagamento junto com o IPVA 2017.

Fonte: Sefaz


O território quilombola Boa Vista do Pixaim, que fica no município de Muquém de São Francisco, no Território de Identidade do Velho Chico, região oeste da Bahia, teve o Relatório Técnico de Identificação e Delimitação (RTID) publicado na quarta-feira (22) pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária da Bahia (Incra-BA).
Com isso, 203 famílias que vivem às margens do Rio São Francisco serão beneficiadas com uma área de 17 mil hectares. De acordo com o Incra, o RTID é o passo mais complexo para o cumprimento da titulação comunitária dos territórios quilombolas. O relatório reúne peças técnicas como o Relatório Antropológico, plantas com delimitação do território e aborda aspectos, agronômicos, ambientais, fundiário e geográfico.

História
A pecuária é um fator pertinente na história da comunidade de Boa Vista do Pixaim. De acordo com RTID, a presença do Rio São Francisco, somado a lagoas e as áreas úmidas de brejo, indicavam ambientes favoráveis para a criação de gados.
O RTID ainda aponta que, a princípio, a ocupação do território ocorreu através de vaqueiros e de negros que eram escravizados sobre a forma de agregados.
Além desses, havia muitas pessoas que chegaram voluntariamente ou mesmo trazidas por encarregados da fazenda que alternavam moradias entre a comunidade e uma pequena ilha na lagoa do Pixaim para pescar.
Segundo relatos dos moradores da comunidade, apontados no RTID, os proprietários mais remotos da área eram a família Mariani, que concediam àqueles que lá trabalhavam um pequeno lote, onde poderiam plantar suas roças, criar e pescar, sob a condição de que esses dividissem a produção.
O relatório aponta, ainda, que à partir de 1973 iniciou-se o desmonte da então Fazenda Pixaim. “Com a divisão das terras entre os herdeiros dos Mariani, eles obrigaram as famílias a se concentrarem no povoado de Boa Vista do Pixaim”, completa o documento.

Fonte: G1-BA