Depoimento de Lula a Moro provoca a criação de medidas de segurança pela justiça

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) irá depor ao juiz Sérgio Moro nesta quarta-feira (10). Nos locais próximos à sede da Justiça Federal, em Curitiba, está sendo montado um forte esquema de segurança para impedir brigas entre militantes de esquerda e oposicionistas do ex-presidente, que poderia acabar atrapalhando o andamento do processo. A medida inclui a interdição de ruas que ligam ao local do depoimento.

De acordo com informações da coluna Radar Online, da Veja, as visitas de familiares aos presos da Lava Jato foram antecipadas para a terça-feira (09), ocorridas normalmente às quartas. A precaução foi tomada para impedir que os familiares passem por situações de sufoco por causa das manifestações.


Comentários

Deixar uma Resposta